Montevidéu

Esta página será atualizada com novos posts sobre Montevidéu. Informações sobre hotéis, passagens e passeios, bem como preços e horários, podem sofrer alterações, por isso procure se informar melhor antes de viajar. Conheça mais detalhes sobre nossas viagens clicando nos links abaixo.


Como chegamos

Pegamos um ônibus na rodoviária de Punta del Este para Montevidéu, numa viagem que durou aproximadamente 2:10hs pois foi um percurso com muitas paradas.

Onde ficamos

Ibis Montevideo – La Cumparsita 1473, Montevidéu 11217, Uruguai
Faça sua reserva pelo Booking.com

Período: 6 dias / 5 noites (janeiro de 2017)

Nossa avaliação: Ótimo hotel. Excelente quarto, aconchegante, banheiro espaçoso e cama confortável. Boa localização, perto do centro mas um pouco longe dos bairros de Punta Carretas e Pocitos.

O que fizemos

1º dia: Feira Tristán Narvaja e Ramblas

2º dia: Ramblas, Parque Rodó, Punta Carretas e passeio de Bus Turistico

3º dia: Plaza Independencia, Parque del Prado, Mercado Agrícola e Palácio Legislativo

4º dia: Teatro Solís, Ciudad Vieja, Mercado del Porto e Catedral Metropolitana

5º dia: Bodega Bouza e Ramblas

6º dia: Fim da estadia e retorno para o Rio de Janeiro


Galeria de Fotos


Dicas e informações

Serviços

  • Não faça câmbio em dólar no Brasil para ir ao Uruguai. Leve reais e troque nas casas de câmbio por lá. Há várias em Montevidéu em que não é cobrada taxa de câmbio, o que é uma boa economia em relação ao IOF cobrado no cartão de crédito. Na Avenida 18 de Julio, a principal da cidade, e próximo aos shoppings existem diversas casas de câmbio.
  • O serviço de táxi do Uber funciona muito bem em Montevidéu. Utilizamos algumas vezes no último dia sem problemas, inclusive para irmos ao aeroporto de madrugada.
  • Vale citar a sorte que demos na hora do check-in da volta: nosso voo tinha uma parada em São Paulo e o atendente nos ofereceu um voo direto para o Rio de Janeiro e é claro que aceitamos.

Informações

  • O Parque Rodó tem este nome em homenagem ao escritor e político uruguaio José Enrique Rodó. Tem 43 hectares e é o mais famoso de Montevidéu.
  • O Palacio Salvo foi desenhado pelo arquiteto italiano Mario Palanti, o mesmo que construiu o Palacio Barolo, em Buenos Aires. Está construído no mesmo lugar onde anteriormente era a Confeitaria La Giralda, onde Gerardo Matos Rodríguez apresentou o tango uruguaio mais famoso do mundo, La Cumparsita. Atualmente, no térreo, localiza-se o Museo del Tango.
  • As Calles Sarandí e Perez Castellano, na Ciudad Vieja, tem um calçamento diferente das outras ruas desta região. São ruas para turistas com muitas lojas, restaurantes, camelôs e atrações para entreter os estrangeiros e por isso preferimos andar por elas. Percebemos que estas ruas são muito mais bem policiadas que as outras na região.
  • O sorvete La Cigale é muito bom e comparável aos que mais gostamos: Amorino e Venchi.
  • O Palacio Legislativo tem visitas guiadas em português, espanhol e inglês.
  • A Bodega Bouza nasceu de um empreendimento familiar e é um passeio clássico para quem deseja fazer enoturismo no Uruguai, pois é uma das mais visitadas do país. O visitante pode escolher fazer apenas a visita guiada pelas instalações, que incluem visitar o vinhedo, a bodega, a cava, os jardins e o museu de carros antigos; pode incluir também fazer uma degustação de quatro rótulos acompanhados de frios, queijos e pães ou também almoçar no restaurante.
  • A Playa de Los Pocitos é conhecida como a “Copacabana” do Uruguai.

Links úteis

5 thoughts on “Montevidéu

    1. Oi Lilian, boa noite
      Obrigada pela pergunta, sim o valor é individual, inclui a visitação guiada pela bodega e uma deliciosa degustação de vinho com queijo e pães. Iremos colocar essa informação.

      Abraços
      Bete e João

  1. Amei as dicas!! Estive em montevideo apenas um dia em parada com o navio, porém agora vou ficar mais dias com meus 3 filhos, anotei tudinho hehehe
    Bjus

Deixe uma resposta