Alto Paraíso (Chapada dos Veadeiros)

Esta página será atualizada com novos posts sobre Alto Paraíso (Chapada dos Veadeiros). Informações sobre hotéis, passagens e passeios, bem como preços e horários, podem sofrer alterações, por isso procure se informar melhor antes de viajar. Conheça mais detalhes sobre nossas viagens clicando nos links abaixo.


Como chegamos

Voo do Rio de Janeiro, saindo do Aeroporto Santos Dumont (SDU), para Brasília, chegando no Aeroporto Internacional de Brasília — Presidente Juscelino Kubitschek (BSB), pela TAM (JJ3024), que durou aproximadamente 2 horas. Ao chegarmos lá, alugamos um carro na Unidas e fomos até Alto Paraíso (Chapada dos Veadeiros-GO), uma viagem de 230 km, aproximadamente 2:30 hs de duração, pegando a rodovia GO-118 logo que sai de Brasília.

Onde ficamos

Pousada Conquista do Paraíso – Rua Vergílio Rodrigues, 162 – Centro – Alto Paraíso de Goiás
Faça sua reserva

Período: 7 dias / 6 noites (abril de 2015)

Nossa avaliação: Ótima pousada. Quarto bom, com ventilador e frigobar, TV e um ótimo banheiro. Café da manhã excelente com grande variedade de guloseimas. Os donos da pousada, Beto e Sônia, são ótimas pessoas e nos deixaram muito a vontade.

O que fizemos

1º dia: Chegada em Alto Paraíso e passeio pela cidade

2º dia: Jardim de Maytrea, Vale da Lua e Raizama

3º dia: Cachoeira do Abismo e Mirante da Janela

4º dia: Cataratas dos Couros

5º dia: Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

6º dia: Fazenda São Bento e Cachoeiras Almécegas

7º dia: Fim da estadia – Saída para o Rio de Janeiro


Galeria de Fotos


Dicas e informações

A Chapada dos Veadeiros é uma região de cerrado no nordeste do estado de Goiás. Abrange cinco municípios: Alto Paraíso, Cavalcante, Colinas do Sul, São João D’aliança e Teresina e é cortada pelo paralelo 14. É conhecida por sua beleza natural e sua biodiversidade composta por uma rica fauna e flora. Nas trilhas entre serras e veredas, são inúmeros os atrativos turísticos como rios, cânions, cachoeiras, águas termais, etc. Possui 4 trilhas: a Travessia das Sete Quedas, a Trilha dos Saltos, Trilha dos Cânions e Trilha da Siriema.

Informações

  • Esta viagem foi feita com a agência UpAlegria Turismo. Tudo estava incluído no pacote, inclusive o guia exclusivo para o casal.
  • A matula é conhecida como a feijoada do cerrado e era a marmita dos tropeiros. Feita com feijão branco ou mulatinho, em forma de tutu, temperado com açafrão, e carne de sol, linguiça, porco e carne de lata. Pode ser servida na folha de bananeira acompanhada de paçoca de carne seca (farofa), mandioca frita, abóbora cozida, arroz e tomate.
  • Usamos um carro básico alugado durante todos os passeios que fizemos, mas se puder dê preferência por um 4×4.
  • Vale da Lua é um dos lugares imperdíveis da Chapada dos Veadeiros. Acompanha a Serra do Segredo com seu leito de pedras em formatos arredondados, lembrando o solo lunar. Não é necessário guia.
  • Raizama é onde o córrego Raizama forma uma hidromassagem natural para depois despencar num cânion de mais de 100 metros de extensão; em alguns pontos mais 50 metros de profundidade, percorrendo uma trilha esculpida nas paredes do cânion até as piscinas.
  • Na Cachoeira do Abismo as águas canalizam pelas fendas das rochas formando cachoeiras grandes e pequenas com piscinas de hidromassagem e vista panorâmica.
  • Cataratas dos Couros é um conjunto de quedas do Rio dos Couros, onde é obrigatório contratar guia e recomendável veículo 4×4.
  • O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi criado em 1961. Possui formações vegetais únicas, como o cerrado de altitude; centenas de nascentes e cursos d’água, rochas com mais de um bilhão de anos, além de paisagens de rara beleza. Foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO, em 2001. A caminhada e os banhos de cachoeira são as principais atividades no Parque, numa viagem pelo Cerrado brasileiro.

Links úteis

2 thoughts on “Alto Paraíso (Chapada dos Veadeiros)

Deixe uma resposta